O Senhor Francisco de Assis, nascido e criado em Belém, no Estado do Pará, trabalhou por um bom tempo em fazendas da região, até que há nove anos (2009) resolveu mudar de vida e “tentar a sorte” em Brasília, assim como todos que vêm para a Capital Federal. Aqui é o lugar certo para quem quer realizar seu grande sonho, acredita ele.

Em aqui chegando, começou a trabalhar como motoboy na cidade do Gama, onde mora até hoje. Foi ali que tudo começou e onde conseguiu, com muito trabalho e dedicação, ter um melhor padrão de vida.

Com o passar do tempo, surgiu uma grande oportunidade, num outro tipo de atividade, a do comércio. Ele viu o anúncio de aluguel de um quiosque na rodoviária do Gama, e não pensou duas vezes. Encarou esse novo desafio. Firmou contrato e começou a trabalhar, comprando e vendendo acessórios femininos e masculinos. Mais tarde, com muita luta, conseguiu comprar o seu próprio quiosque, livrando-se do aluguel.

Foi nos idos de 2012 que ele tomou conhecimento das ações do Programa Providência. À época, estava precisando de capital de giro, para alavancar o seu negócio, mediante expansão do volume de compras e vendas de suas mercadorias e consequente aumento de seus lucros.  Assim, com base nas informações prestadas ao agente de crédito, conseguiu seu primeiro financiamento, no valor de R$ 2.000,00, o que, segundo ele, o ajudou bastante. Renovações foram feitas em seguida, sempre honradas pontualmente. Ao lado disso, foi adquirindo mais experiência e conhecimento no comércio, razão pela qual hoje se sente muito mais seguro no desenvolvimento de sua atividade.

Recentemente, apareceu uma nova e boa oportunidade de negócio, que foi de pronto abraçada: uma banca na rodoviária do Plano Piloto, bem no centro de Brasília. Sem pestanejar e com a certeza de que estava tomando a decisão correta, alugou o seu quiosque da rodoviária do Gama e assumiu esse novo ponto, onde o movimento é bem maior, o que lhe deve proporcionar melhores resultados. Aqui pretendo ficar por um bom tempo, até surgirem novos desafios, informa o Senhor Francisco de Assis.

Império dos Acessórios

Para incrementar suas vendas, ele continua recorrendo ao capital de giro fornecido pelo Programa Providência, no contexto do seu mecanismo do microcrédito produtivo orientado, por meio do qual já atingiu o limite de renovação individual de empréstimo, no valor de R$ 5.000,00. Com esses recursos, afirma o Senhor Francisco de Assis que vai a São Paulo fazer suas compras, para quando seus clientes chegarem à sua banca ter novidades para oferecer, principalmente nos últimos meses do ano, que é sempre uma excelente oportunidade para vender mais e ganhar um bom dinheiro.

De lembrar que esse instrumento financeiro oferecido pelo Programa Providência é destinado apenas a microempresários que atuam na produção de bens e serviços, como forma de elevar a sua renda e de gerar ocupação aos que querem trabalhar, com reflexos positivos para toda sua família e sua comunidade.