Meu nome é Itamara Santana Dias, tenho 27 anos, nasci no município Feira da Mata – BA e hoje moro na cidade de São Sebastião – DF. Aprendi a costurar aos 16 anos com minha avó, pois naquele tempo não tínhamos condições de ficar comprando roupas novas para usar. Fui vendo minha “vó” trabalhar com costura, comecei a aprender, e fui fazendo minhas roupas para eu usar no dia a dia.

Minha mãe morava em Brasília – DF. Com 21 anos de idade, deixei minha Bahia e vim para a Capital Federal, com o intuito de conhecer novas oportunidades de trabalho, em busca de uma melhor qualidade de vida. Assim como acontece com toda pessoa de origem humilde, do interior, sonhadora, que quer vencer na vida, no início não foi fácil, com o passar do tempo, contudo, fui me adaptando à realidade da cidade grande.

Com 23 anos comecei a trabalhar na Viene Brasil, uma loja de confecções de roupas, aqui mesmo em São Sebastião. Foi nessa empresa que aprendi e aprimorei os detalhes da costura. Eles me acolheram e me ensinaram muito. Devo-lhes muito! Aliás, continuo trabalhando lá até hoje, durante toda a semana.

Quando tinha 24 anos de idade, conheci o Programa Providência e fiz meu primeiro empréstimo. Com esse dinheiro comprei uma máquina de costura e com ela comecei a trabalhar em casa, nos finais de semana, fazendo consertos, formando minha clientela. Outros empréstimos tomei e paguei, sempre em dia, todos eles voltados para a aquisição da matéria-prima que uso nos meus trabalhos. Sou muito grata ao Programa Providência e ao seu mecanismo do microcrédito produtivo orientado, que muito me tem ajudado. Pretendo, em breve, comprar outras máquinas e mais material para elevar meu nível de renda, com o apoio do Programa Providência