O Diretor-Presidente do Programa Providência, Euler Freitas, assinou em 27 de janeiro último, contrato de parceria com o Banco de Brasília com o intuito de ampliar a assistência financeira à população de mais baixa renda para a produção de bens e serviços, via utilização do instrumento do microcrédito..

             Como sempre, a ação do Programa Providência estará direcionada para o apoio a microempreendedores residentes no Distrito Federal e entorno: costureiras, bordadeiras, artesãs, comerciantes, prestadores de serviços, enfim todos aquelas pessoas que desenvolvem atividade produtiva legal que possa gerar ocupação e renda. O foco será o mesmo: os mais desassistidos da assistência bancária tradicional, que queiram trabalhar, produzir ou deixar de lado o benefício exclusivo do assistencialismo puro e simples. Nada melhor para elevar a auto-estima de qualquer pessoa do  que se tornar independente, andar de cabeça erguida e viver com o fruto do seu suor!

               Como de praxe, o modo de atuar do Programa Providência com o microcrédito envolverá também a participação dos tomadores do financiamento em cursos e treinamentos, ou seja, a sua capacitação, condição fundamental para se obter sucesso em sua atividade, principalmente num mundo tão competitivo em que vivemos.

               Esperamos que com essa parceria o universo de beneficiários do microcrédito produtivo orientado em nossa comunidade possa ser bastante ampliado, como forma de elevar a renda familiar e melhorar a condição de vida do nosso público-alvo, que é a missão desta entidade.